top of page

Como psicólogas(os), atuamos profissionalmente com conexão


Como psicólogas(os), atuamos profissionalmente com conexão

É o que nutre essencialmente nosso trabalho. E esse movimento pede que olhemos, não só para o outro, mas para nós também.


Observar como estamos, como está o nosso espaço interno é o processo que antecede qualquer outro processo relacional, seja em contextos de trabalho, familiar ou social.


A auto conexão antecede a conexão com o outro. É no "olhar para dentro" que checamos nossos limites e podemos escutá-los, legitimá-los, para proporcionar cuidado consciente e saudável.

É muito importante estar disponível para nossos compromissos afetivos, sociais e profissionais. É igualmente impotente estarmos atentas para a qualidade dessas disponibilidades, não perdendo de vista as próprias necessidades.


Fica o convite para cuidarmos dos sentimentos que se apresentam quando necessitamos honrar nossos limites e contemplar esse cuidado como ato de amar por nós mesmos e também pelo outro. Estando em presença, acolhendo as possibilidades, mas também e, com igual respeito, as impossibilidades.

Comments


bottom of page