top of page

A vida é em frente, mas ninguém disse que seria em linha reta


A vida é em frente, mas ninguém disse que seria em linha reta


Diz a canção que "a vida é bonita, é bonita e é bonita".

E como sabemos, também pode ser bastante desafiadora.


Ontem mesmo eu disse a uma paciente que "a vida é em frente, mas ninguém disse que seria em linha reta". Pois ela se desdobra e nos surpreende com coisas que não eram esperadas.


É incrível o jeito como, de repente, tudo muda. Os nossos dilemas e questionamentos não são os mesmos de um, dois anos atrás…


Porém, diante das reviravoltas, ainda que invadidos por medos, dúvidas e desesperança, vivemos nos ajustando, readaptando, alterando a rota e assim

descobrindo novos caminhos para chegar onde precisamos ou desejamos.


Um viva à flexibilidade! Porque a força não vem da rigidez, nem da dureza, ela vem de sermos flexíveis, maleáveis.

Se a vida se desdobra em acontecimentos, nós também somos "desdobráveis" como escreveu a poetisa Adélia Prado, ou seja, a gente se estende, alonga, abre, revela, desenrola, se ajusta e assim nos descobrimos mais capazes do que imaginávamos.


Como é bonito olhar para trás e reconhecer o quanto mudamos ao longo do tempo, o quanto andamos depois de todo o caos que se apresentou.

Que sempre haja coragem para receber o novo e de ser desdobrável para viver o que for preciso, desapegando de tudo o que deixar de ser ou do que perder o sentido. Mais um viva! Aos re(nascimentos) após cada desafio.


Por Psicóloga Tatiane Trevisan

Comments


bottom of page